quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Imagine


Imagine a seguinte situação: vivemos em um mundo que somos capazes de olhar para o futuro. Ou melhor, o futuro é capaz de interagir conosco, nos aconselhar e dizer o que podemos mudar para sermos melhores adiante.

Então, um belo dia,  vc recebe uma video chamada de uma pessoa desconhecida, mas com um nick que "poderia ser seu". Abre a video chamada e vê quem? Uma pessoa muito, mas muito parecida com você, mas digamos, com algumas dúzias de anos a mais...,

E esta pessoa que você vê, tem uma boa aparência? Está falando bem, com boas condições neurológicas, o raciocínio em dia sem lapsos de memória? Mantém seu peso, está com a saúde em dia, bem cuidada, com cabelos e unhas "no lugar"?

Ou é uma pessoa doente, semi-viva, com problemas graves de saúde, com dificuldades de concentração e talvez com graves doenças degenerativas?

"Eu não sou NOSSO pai" - UAU|!

Mas o mais importante deste encontro é o que ele significa: é o seu futuro lhe dizendo o que vc tem que mudar HOJE, AGORA, NESTE MOMENTO para que ele aconteça.

A ideia é antiga e rebatida nos filmes de ficção científica, mas até onde ela nos identificamos com ela? Até onde podemos mudar para esperarmos o futuro?

Muitos obesos (me incluo nesta!)  pensam no futuro sim, mas pensam "ah amanhã eu começo!" Grande erro né? O pensamento deveria ser: HOJE EU COMEÇO PARA QUE EU POSSA CONQUISTAR AMANHÃ

Thats all, folks!

Inté

5 comentários:

Char disse...

Adooorei...

Eu sempre pense nisso, seu eu pudesse ir encontrar comigo mesma com 17 anos o que falaria para mim? Mas para o passado não posso fazer nada.

Agora vou pensar ao contrario, como quero me ver com 37 anos?

Estou fazendo tantas coisas boas por mim ultimamente. Mas preciso fazer mais.

Beijos

D. disse...

É o que estou tentando pensar agora, pensar no hoje, em melhorar hoje para que amanhã esteja melhor ainda. Mudar a cabeça, um pouco por dia... não é fácil mas é possivel sim!

Quero chegar MUITO bem aos 40, e pra isso é preciso agir agora!

Beijo

Beth disse...

É isso mesmo. O que plantamos hoje é o que vamos colher amanhã. Quando estava caminhando na praia, diariamente (antes da tendinites que hoje estão me impedindo), via muita gente de bastante idade caminhando com agilidade, cara de ótima saúde, alegria, um jeitinho bacana pra chuchu e dizia a mim mesma: estou me cuidando para chegar nessa fase aí assim, ó!
E via também outras situações, menos favoráveis, e me dizia: não é assim que quero, vou batalhar para ficar do outro jeito.
Tenho 54 anos e meio. Estou hoje melhor, em muitos aspectos, do que estava, acredite, aos 25. Emocionalmente, fisicamente (apesar da juventude da época). Mas poderia estar imensamente melhor, se tivesse me cuidado também melhor lá atrás.
Porém, o lá atrás já passou, ficou como lição aprendida. O HOje é o que tenho de concreto para que amanhã seja legalzinho.
Valeu
Beijo

ESpeCiaLmente GaSPaS disse...

Pois, muita gente esquece que o nosso bem estar amanhã depende do dia de hoje!

Priscila disse...

Pois é, amanhã eu começo, hoje é dia de despedida, conheço bem a história... Beijos!!!

P.S.: Eu amo The Big Bang Theory, principalmente o Sheldon!